Informe-se Notícias

04 de Setembro de 2017
0 comentários

Campanha das particulares chega a setembro sem avanços

Autor: Assessoria de comunicação

Campanha das particulares chega a setembro sem avanços
A Campanha Salarial dos Trabalhadores de TI das Particulares começou como planejado: cumprindo compromisso assumido com a categoria, a Campanha foi iniciada no mês de junho, com a aprovação da pauta de reivindicações e entrega em seguida ao sindicato patronal.
 
De lá para cá, depois de quatro mesas de negociação, os empresários fizeram uma única proposta: manutenção das cláusulas sociais e 2% de reajuste salarial e demais cláusulas econômicas como o tíquete alimentação, auxílio creche, auxílio lente, etc. 
 
E todos sabem que isso é muito pouco! O índice está abaixo da inflação prevista e não há melhora no conteúdo da convenção coletiva, inclusive sendo negadas propostas que não têm impacto econômico. Como se não bastasse a reforma trabalhista do ilegítimo Temer, os empresários querem arrochar mais ainda os trabalhadores de TI, que eles tanto gostam de chamar de “colaboradores”.
 
E nesse vai e vem de reuniões sem avanços, o mês de setembro chegou. E o que os trabalhadores e trabalhadoras fizeram para pressionar os empresários? Nada até agora! 
 
Temos algumas opções para dar continuidade a campanha: seguir negociando até o ano que vem; aguardar a mediação ao Ministério Público do Trabalho; aceitar a proposta dos empresários ou ir à luta! Mas qualquer um desses caminhos terá que ser escolhido e votado em uma Assembleia representativa, com a presença massiva da categoria. Mas ao contrário disso, esses momentos têm sido esvaziados, com pouquíssimas pessoas presentes.
 
Na Campanha Salarial passada foi possível construir uma forte mobilização, que incomodou os empresários e os obrigou a avançar nas negociações. Nesta, o sindicato patronal está tranquilo, nada acontece e eles vão se mantendo irredutíveis, apresentando a proposta inicial e só!
Chegou o momento crucial da Campanha! Os trabalhadores e trabalhadoras de TI das particulares têm que decidir se aceitam a proposta patronal ou juntos com o SINDPD vão à luta! Mas isso tem que ser decidido de forma coletiva e o espaço pra isso é a Assembleia!
 
Estamos convocando mais uma Assembleia para esta terça-feira (5), às 18h em primeira convocação e às 18h30 em segunda convocação, no Bar do Mamulengo (Rua da Guia, 211 – Recife Antigo) quando iremos decidir que rumo tomar. Uma categoria omissa e estagnada não conquista direitos!
 
 
 
TODOS À ASSEMBLEIA!!!!
 
 
 
Trabalho tem valor, direitos não têm preço!  

Veja também

0 Comentário(s)

informe seu nome.
informe um e-mail válido.
Deixe sua mensagem.

seja um filiado!

Conheça os benefícios

saiba mais

Newsletter

Assine nossa newsletter e acompanhe todos os trabalhos realizados pelo SINDPD-PE.

informe seu e-mail.