Em seminário realizado, ontem, 22 de dezembro, a  Secretária de Administração, Marília Lins e a Direção da ATI lançaram o Plano de Aposentadoria Incentivada – PAI dirigido aos empregados públicos da Autarquia, com pelo menos 30 anos de vínculo, aposentados ou com mais de 60 anos de idade. 

Na ocasião, o Secretário de Finanças do SINDPD-PE, Messias Melo, ressaltou a importância de oferecer uma saída digna para aqueles/as que vêm construindo a informática pública estadual, desde os tempos do CETEPE e FISEPE, ao mesmo tempo que cobrou a realização de concursos públicos que atraiam bons especialistas em tecnologia da informação e,  que fortaleçam a ATI no papel de coordenação da TI estadual, provedora de soluções tecnológicas e de guardiã das informações públicas.

O Plano de Aposentadoria tem as seguintes características:

• Indenização de uma remuneração mensal por ano trabalhado, limitado a 32 remunerações no total;

• Bônus de mais três remunerações para quem aderir no primeiro mês do plano;

• Remuneração, a ser considerado nos cálculos, corresponderá ao salário bruto mensal acrescido do valor mensal do vale-refeição;

• Eventual reajuste dos salários e do vale-refeição, aplicado em 2022, serão considerados nos cálculos da indenização;

• A indenização será paga em 12 parcelas;

• Quem aderir deverá gozar todas as férias e licenças-prêmio a que faz jus, antes da rescisão do contrato;

• Para efeito de concessão da licença-prêmio será considerado todo o tempo de serviço até dezembro de 2021.

Agora, a categoria deverá reforçar a mobilização da campanha salarial 2021/2022 do Fórum dos Servidores do Estado, conduzida pela CUT e que conta com a participação do SINDPD-PE, cujo objetivo é reajuste dos salários e do vale-refeição, considerando as perdas acumuladas em 7 anos de salários congelados.