Sim, entregadores e entregadoras que trabalham por apps também têm direitos! Por isso, com apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT), foi iniciada a Campanha A GENTE NÃO SE ENTREGA. Dentro da Campanha foi lançado um Manifesto, quando esses trabalhadores e trabalhadoras chamam a atenção para a importância dessa atividade no dia a dia das pessoas e pedem apoio da sociedade.
Em Pernambuco, na próxima segunda-feira, 8/8, das 14h às 15h30h será realizada uma Oficina com entregadores e entregadoras de aplicativos de Pernambuco. A atividade acontece no Auditório do SINDSEP-PE, localizado na Rua Fernandes Vieira, 67 (Boa Vista).

Leia abaixo o documento:

MANIFESTO 

A gente carrega o país nas costas e entrega tudo na porta da sua casa. Comida quentinha, remédios, compras... Com entregador e entregadora, não tem tempo ruim. 

É de domingo a domingo, debaixo de sol ou chuva. Enfrentando trânsito caótico, violência e todo tipo de desrespeito. Isso sem falar do descaso das empresas de aplicativos, que não querem conversa. 

E tem mais. O preço dos combustíveis que não pára de subir. As taxas dos aplicativos que são abusivas. O que sobra no fim do mês é bem menos do que a gente merece. Continuamos sem aumento em nossas taxas, lutando pra sobreviver.

Já somos perto de 1 milhão de profissionais na correria. É gente que tem muita garra e que merece mais: mais direitos, mais renda, mais respeito! Nosso serviço é essencial pra sociedade, a pandemia provou isso. 

Não podemos colocar em risco a saúde e a vida para trabalhar. Nem entregar o nosso tempo de lazer, de estudo, com a família e o próprio futuro.

Nós não estamos sozinhos. Vamos juntos lutar pelos nossos direitos.

Entregadores e entregadoras: A gente não se entrega!

Leia o Manifesto e chama mais gente pra fortalecer essa causa! Curta e compartilhe 
https://www.instagram.com/agentenaoseentrega
https://www.facebook.com/agentenaoseentrega