A Direção do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação de Pernambuco – SINDPD-PE manifesta seu mais veemente repúdio à demissão de Áureo Cisneiros, dirigente sindical e ex-presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco – SINPOL, por parte do Governo do Estado de Pernambuco em função de suas ações sindicais de denúncia das condições de trabalho dos servidores da Polícia Civil de Pernambuco.

A utilização de uma lei de 1972, instituída durante a ditadura militar, é inaceitável por representar a negação do direito inalienável e livre dos servidores à organização sindical, direito este conquistado na Constituinte de 1988, com muita luta daqueles que se opuseram àquela ditadura.

Não existe democracia, sem respeito à organização e à ação sindical, desde o local de trabalho.

PELA REVISÃO DA DEMISSÃO DO COMPANHEIRO ÁUREO CISNEIROS

A Direção do SINDPD-PE

Recife, 06 de janeiro de 2021