Em Assembleia realizada na noite dessa terça-feira (4/9), trabalhadores e trabalhadoras de TI das empresas particulares ouviram da direção do SINDPD-PE o relato de mais uma mesa de negociações com o patronato, que iniciou às 14h30 e só se encerrou por voltas das 18h30. 

Durante a reunião, o sindicato insistiu que não vai aceitar retrocessos e o corte de 27 itens da pauta de revindicações, proposta inicial do SEPROPE. Na nova contra-proposta apresentada, o sindicato patronal voltou atrás no corte de alguns itens do Acordo e apresentou a proposta econômica de reajuste de 3% sobre as cláusulas econômicas. Apesar da mudança de posição, a proposta patronal ainda está muito aquém do que é reivindicado na pauta e, em relação ao Acordo, muitas cláusulas importantes ainda estão ameaçadas, a exemplo do auxílio paternidade.

Na Assembleia, a direção do SINDPD informou que foi agendada mais uma rodada de negociações para a próxima terça-feira (11/9), às 13h, no MTE e a categoria deliberou por uma nova Assembleia na quarta-feira (12/9), às 18h, no mesmo local. 

Na reunião, o SINDPD continuará insistindo na defesa dos direitos históricos da categoria e reafirmando que não iremos aceitar retrocessos.


Confira a ata da reunião