Por solicitação do SINDPD-PE, a representação dos trabalhadores e trabalhadoras da ATI, participou nessa segunda-feira (15/6) de reunião com a presidente da empresa, Ila Carrazone, acompanhada por Sandra Lubambo (Diretora adjunta) e Zélia Mendonça (SGI). Durante a reunião, foi discutido como está sendo o trabalho durante a pandemia, bem como sobre como será o retorno às atividades presenciais.
Participaram da reunião os empregados Messias Melo, Eduardo Joaquim e Fernando César (pelo Sindicato), Celso Agra e Eduardo Salvador (pela ASSERTI).
Na ocasião, além de reiterar a importância do papel da tecnologia da informação para o bom funcionamento do Governo Estadual, como demonstrado durante a pandemia, o Sindicato manifestou sua preocupação com a ausência de divulgação das ações da ATI, inclusive para seu corpo funcional, o que enfraquece o sentimento de pertencimento e engajamento nas suas ações. Comentando este ponto, a direção da ATI informou que fará uma Enquete junto aos empregadores e servidores, sobre este período de trabalho em isolamento social. 
Outro ponto abordado pelo SINDPD e ASSERTI, foi a preocupação com o retorno às atividades presenciais. Considerando que a pandemia ainda não está em desaceleração significativa, o momento exige a adoção de todas as medidas de proteção possíveis em relação aos grupos de risco, mas também aos demais empregados e empregadas, considerando os problemas da infraestrutura da sede. A ATI informou que está aguardando as diretrizes da SAD, para elaborar o plano de retorno às atividades presenciais.
Ao final da reunião, o SINDPD e a ASSERTI apresentaram três solicitações, que foram aceitas pela direção da ATI, que consistem nas seguintes questões: comunicação periódica com todos os funcionários, buscando sua integração nas ações da Agência; apresentação da Enquete, para que SINDPD e ASSERTI possam contribuir com seu conteúdo; e a participação da representação dos trabalhadores na elaboração do plano de retorno.