A direção do SINDPD-PE dará início a uma série de debates e assembleias com a categoria, quando, dentre outras coisas, serão discutidos os efeitos da Proposta de Emenda Constitucional número 06 (PEC 06/2019), editada pelo governo Bolsonaro, que “modifica o sistema de previdência social, estabelece regras de transição e disposições transitórias, e dá outras providências”. Se aprovada, a reforma trará prejuízos irreparáveis aos trabalhadores e trabalhadoras da rede pública e privada, às pessoas já aposentadas, mas especialmente às mulheres, sobre quem recairá a maioria das consequências dessa reforma nefasta e desumana.

A série de discussões que a direção do SINDPD promoverá se inicia nesta sexta-feira (15/3), com um debate no auditório da ATI, com a presença da assessoria jurídica do sindicato. 

A agenda também se estenderá à EMPREL (20/3), SERPRO (20/3) e Dataprev (21/3). Posteriormente, a ação será também levada aos trabalhadores e trabalhadoras em empresas particulares.

Você acha que reforma da previdência afeta sua vida? Venha discutir conosco!