Não só em Pernambuco, como também na mobilização realizada nessa terça-feira (07/04), em Brasília, os trabalhadores de TI estiveram mais uma vez nas ruas protestando contra o PL 4330, que prevê a terceirização de serviços até em atividades-fim e que tramita neste momento na Câmara Federal.

Em Pernambuco, trabalhadores e representantes dos movimentos sociais se concentraram no Parque 13 e Maio, de onde saíram em passeata. Na Assembleia Legislativa a deputada Teresa Leitão fez um pronunciamento contrário ao Projeto, afirmando que o PL "radicalmente tira direitos, piora as condições de trabalho, saúde e renda do trabalhador". Em Brasília, muito tumulto e violência praticada por ordem do truculento presidente da Câmara Eduardo Cunha, para impedir que a votação do PL fosse acompanhada nas galerias, o que é um direito de qualquer cidadão.

A pressão dos trabalhadores garantiu o adiamento da votação, mas apenas para a próxima quarta-feira (15/04). Até lá, continua a mobilização em Brasília e nos Estados para que o PL seja rejeitado. A luta apenas começou!