Com ameaça de corte de direitos e reajuste zero, trabalhadores e trabalhadoras do SERPRO Recife estão paralisados nesta terça-feira (17/4).
A categoria, que tem data-base em maio, ainda não fechou o Acordo Coletivo 2017/2018, porque a empresa se nega a negociar as questões econômicas e ainda vem tentando retirar conquistas históricas. Resistir é a palavra de ordem. Não entregue o jogo. Lute!!!