Trabalhadores e trabalhadoras do SERPRO, Regional Recife, promoveram um abraço simbólico à empresa no final da manhã desta quarta-feira (4/9). A iniciativa faz parte de uma série de ações que serão realizadas nacionalmente e nos estados em defesa do SERPRO e da Dataprev. Apesar de sua importância estratégica, as duas empresas estão na mira do governo Bolsonaro, que tem o propósito de entregar as riquezas brasileiras ao capital internacional, privatizando diversas estatais.

Durante toda a manhã, a direção do SINDPD-PE esteve na frente do SERPRO convocando a categoria para o Ato, esclarecendo à população o trabalho desenvolvido pela empresa e como sua privatização pode afetar a vida das pessoas. Ao mesmo tempo, em Brasília (DF) dirigentes dos sindicatos de TI do país estão visitando deputados federais e buscando apoio à Campanha. O trabalho também vai se estender às bancadas de deputados e senadores nos estados. 

Durante o abraço ao SERPRO, trabalhadores e trabalhadoras estavam vestidos com a camisa da Campanha "Não à privatização do SERPRO e DATAPREV", que neste momento visa envolver a categoria nessa luta.